"Colmeia"

Colmeia, exposição Centro Cultural Correios, RJ
26 painéis  em Cobre, Ferro e Terra

770 x 330 cm
2011

"Com a metamorfose da casa de abelha, Carina sugere a cartografia de um mundo mágico. Elementos como a celulose, o cobre, o ferro e a terra, unidos e fustigados pela oxidação e pigmentação, se unem numa rede de 'cidades, vilas e núcleos'.

Segundo Henry Dreyfyss a forma hexagonal é a representação da natureza, da esperança, do auspicioso, do frescor.

 

É o 'reconhecimento da alma'.

Nesses trabalhos está a tradução do momento atual da artista: a reconstrução e exposição de seus próprios limites.

Os pequenos elementos que se multiplicam ganharam força e vida em grandes painéis territórios pelas mãos de Carina".

Luis Alberto Garcia de Zuniga

"Colmeia I"


Cobre, Ferro e Terra
55 x 42 cm
2011

O painel é composto por 26 pedaços menores que, sem perder a autonomia de obra singular, se articulam entre si para formar a unidade perfeitamente integrada que de longe se vislumbrara.

São como os favos de uma colmeia, pedaços independentes que, ao mesmo tempo, parecem trazer em si mesmos a semente capaz de fazer brotar de novo o quadro inteiro.
 

É na proximidade também que as formas ganham relevo sutil.

Colmeia emerge para tridimensionalidade empregando os materiais que caracterizam o trabalho de Carina: a madeira, a argila, a porcelana, o metal e sua poeira oxida.

Tudo remete à essencialidade da matéria primordial que se submete à vontade de Carina para ganhar formas cuja simplicidade orgânica contrasta com a artesania complexa e delicada.

"Colmeia II"


Cobre, Ferro e Terra
55 x 42 cm
2011

"Colmeia III"

Cobre, Ferro e Terra

220 x 110 cm
2011

“Colmeia para mim é, ao mesmo tempo, um tema e um processo de trabalho. O quadro se fez aos poucos, como um labirinto de pensamentos infindáveis, monótonos, que foram se desdobrando em busca de uma harmonia maior.

Por isso, me lembra a imagem de uma cidade vista do alto, como uma foto hiper ampliada da rede neural de um cérebro.

E que, por sua vez através de uma analogia misteriosa que eu apenas intuo, remetem à orgânica perfeição de uma Colmeia."

carinabokelbecker@gmail.com+55 21 98232 5902 | @carinabbecker | Fábrica da Bhering, Santo Cristo, Área Portuária, Rio de Janeiro